Amamentar é fácil. Difícil é ser mamífera na nossa sociedade tecnocrata!

quarta-feira, dezembro 06, 2006

DESABAFO

Hoje, no telejornal, vi uma reportagem sobre as alergias dos bebés à lactose. Os médicos falavam que o Estado Português não comparticipa como deveria nas latas de leite artificial, visto que, e passo a citar, "um bebé nos primeiros quatro meses só poderá beber leite o que provoca uma grande despesa aos pais que têm de dar leite artificial especial aos seus bebés". Pretendem então, desenvolver medidas que "obriguem" o Estado a compaticipar com uma quantia superior nesse tipo de alimentação.
Isso faz-me alguma confusão e leva-me a colocar algumas questões:
- Não seria mais eficaz, mais simples e mais benéfico, incentivar e apoiar a amamentação?
- Não seria bastante mais económico para as famílias promover o aleitamento materno?

Uma coisa é certa, é mais provável as galinhas virem a ter dentes do que o estado português abrir os cordões à bolsa em prol do comum cidadão!
(...até por que estaria também a abrir mão da sua preciosa comissão na vendas das latinhas!!!)

2 Comments:

Blogger InêsN said...

o apoio à amamentação não interfere com este incentivo, com esta comparticipação...

eu deixei de amamentar o meu filho mais velho quando ele tinha quase 5 meses porque estava grávida e fiquei sem leite. ele fez alergia à proteína do leite de vaca e eu passei um ano a dar-lhe nutramigen (um leite cujas latas pequenas custam €20). não recebi um tostão do dinheiro que gastei...

e prefiro nem fazer contas!

apoiar a amamentação, sim...mas não esquecer quem, por uma razão ou outra, não o pode fazer.

1:14 da tarde  
Blogger Sónia Tavares said...

Cara Inês, antes de mais quero agradecer-te a tua participação no blog.
Relativamente ao facto de teres ficado sem leite quando engravidaste deve ter alguma razão para tal acontecer pois engravidar não implica que fiques sem leite.
Quanto ao post que coloquei refiro-me áqueles casos, nos quais por várias razões pouco fundamentadas e até mesmo por algum falta de informação as mães deixam de amamentar e passam a usar leites artificiais. Quando surgem alergias a coisa complica-se e isto seria evitado se se continuasse com a amamentação.
É certo que haverá casos em que o leite artificial é mesmo a única solução mas são casos muito particulares e que geralmente se devem a problemas de saúde da mamã e nunca por o leite "secar".
Beijinhos, faço votos que voltes a participar no blog!
Sónia Tavares

12:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home